Arquivo da tag: anarquismo organizado

[CAMPO MOURÃO] 200 ANOS BAKUNIN: O ANARQUISMO ORGANIZADO NAS REVOLTAS DO PRESENTE

200 anos CM

Em 2014 faz 200 anos que o militante e teórico anarquista Mikhail Bakunin nasceu.

Coletivo Anarquista Luta de Classe fará vários eventos no Estado do Paraná em meio a este momento de revoltas populares e urgência do anarquismo.

Quando: No dia 31 de maio faremos o evento na cidade de Campo Mourão.

Onde: Bloco B, Sala 107, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Campo Mourão.

Horário: 10:00.

Apoio DCE UTFPR-CM

No evento, vamos falar sobre a vida e militância deste grande anarquista, discutir sobre suas concepções táticas e estratégicas, além de colocarmos nossas posições em relação à importância do anarquismo nas atuais revoltas do povo.

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/393544347451472/?source=3&source_newsfeed_story_type=regular

[FAE] Fórum Anarquista Especifista, Construindo uma organização anarquista na Bahia

Retirado de: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=684794061556006&set=a.684794088222670.1073741828.684778788224200&type=1&theater

Fórum Anarquista Especifista
Construindo uma organização anarquista na Bahia

Dos sindicatos, movimento estudantil e comunitário, dos movimentos por mobilidade e das lutas contra opressões (gênero, étnica e de sexualidade). São de onde vieram, e de onde queremos que venham muito mais, companheiras e companheiros que se lançaram na retomada da construção de um anarquismo organizado na Bahia.

E é através dessa nota que declaramos com muita satisfação a construção da FAE (Forum Anarquista Especifista) na Bahia. A FAE é resultado dos esforços iniciados no primeiro encontro especifista no estado e representa a aproximação de grupos e indivíduos nas cidades de Salvador, Candeias, Feira de Santana e Cachoeira. O Fórum pretende ser um espaço de debates e articulação da militância em torno da construção de uma organização anarquista no estado da Bahia, sabemos que construir uma organização especifica não é tarefa fácil, é um projeto de médio prazo, mas que precisamos iniciá-lo desde já.

Desde o primeiro encontro os indivíduos e grupos presentes voltaram para suas cidades com a tarefa de continuar o debate de construção em suas realidades locais, além de fortalecer a atuação nos espaços sociais onde já atuamos, esse processo culminou em uma plenária geral ocorrida no dia 25 de maio, onde estabelecemos novas deliberações para continuar com o nosso projeto. Consideramos as experiências e o nível de acúmulo presentes no nosso meio e estabelecemos cautela e responsabilidade, preocupados/as em não cometer erros do passado, fundando e refundando organizações e coletivos sem que isso represente de fato um trabalho consistente ou mesmo uma real intervenção nas lutas do povo oprimido. A FAE deverá cumprir um papel importante nesta primeira caminhada, sendo um espaço para um primeiro nivelamento político em torno de uma unidade programática e teórica, além de fazer um balanço da atuação social de nossa militância em busca de alguma unificação onde isso se demonstrar possível.

A FAE considera o especifismo defendido pelos grupos coordenados pela CAB, a estratégia mais adequada para perseguir nosso objetivo finalista de alcançar uma sociedade livre da dominação de classes e das opressões existentes no modelo de sociedade em que vivemos. Para nós os anarquistas precisam estar organizados numa instância política específica, que represente um trabalho comum, com estratégia e táticas comuns construídas coletivamente pela organização, isso porém, não quer dizer que desconsideramos ou que somos contrários aos grupos que são adeptos a outras formas e modelos de se articularem coletivamente dentro do campo libertário, e pretendemos sempre manter relações fraternas, pois não os consideramos adversários, mas sim companheiros e companheiras de luta.

Nossa militância convida mais uma vez a todas e todos companheiras e companheiros alinhadas/os com a proposta de organização específica anarquista a somar forças na construção de uma nova sociedade livre, justa e igualitária para o povo oprimido, convidamos a todos e todas a remar junto conosco em direção ao nosso objetivo finalista revolucionário, convidamos todas e todos a lutar por um povo forte e empoderado de suas vidas, para construção do PODER POPULAR!


LUTAR CRIAR PODER POPULAR
(Forum Anarquista Especifista – BA)
fae@riseup.net
Salvador, 25 de maio 2014

[Maringá] 200 Anos Bakunin: O Anarquismo Organizado nas Revoltas do Presente

Em 2014 faz 200 anos que o militante e teórico anarquista Mikhail Bakunin nasceu.

Coletivo Anarquista Luta de Classe fará vários eventos no Estado do Paraná em meio a este momento de revoltas populares e urgência do anarquismo.

Quando: No dia 30 de maiodia em que Mikhail Bakunin nasceu, faremos o evento na cidade de Maringá.

OndeAuditório Bloco I 12 da Universidade Estadual de Maringá.

Horário15:00.

Apoio CAFF

No evento, vamos falar sobre a vida e militância deste grande anarquista, discutir sobre suas concepções táticas e estratégicas, além de colocarmos nossas posições em relação à importância do anarquismo nas atuais revoltas do povo.

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/238460566352739/

[Curitiba] 200 Anos Bakunin: O Anarquismo Organizado nas Revoltas do Presente

Em 2014 faz 200 anos que o militante e teórico anarquista Mikhail Bakunin nasceu.

O Coletivo Anarquista Luta de Classe fará vários eventos no Estado do Paraná em meio a este momento de revoltas populares e urgência do anarquismo.

Quando: No dia 30 de maio, dia em que Mikhail Bakunin nasceu, faremos o evento na cidade de Curitiba.

Onde: Sala 914 da Reitoria da Universidade Federal do Paraná.

Horário: 19:30.

No evento, vamos falar sobre a vida e militância deste grande anarquista, discutir sobre suas concepções táticas e estratégicas, além de colocarmos nossas posições em relação à importância do anarquismo nas atuais revoltas do povo.

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/1481262675424609/?context=create&source=49

200 Anos Bakunin: O Anarquismo Organizado nas Revoltas do Presente

Em 2014 faz 200 anos que o militante e teórico anarquista Mikhail Bakunin nasceu.

O Coletivo Anarquista Luta de Classe fará vários eventos no Estado do Paraná em meio a este momento de revoltas populares e urgência do anarquismo.

Vamos falar sobre a vida e militância deste grande anarquista, discutir sobre suas concepções táticas e estratégicas, além de colocarmos nossas posições em relação à importância do anarquismo nas atuais revoltas do povo.

Estaremos divulgando os locais e datas dos eventos, venha participar!

Viva Bakunin!

Viva o Anarquismo Organizado!

Lutar! Criar Poder Popular!